Notícias
Palestra Sobre Novo Código Florestal Reúne 250 Pessoas
O representante do Canaoeste, João Francisco; o engenheiro ambiental Fábio; o palestrante Dr. Juliano Bortoloti; o presidente do Sindicato Rural, Gustavo Ribeiro Rocha Chavaglia e o secretário de Indú

Publicado em 04/11/2013

Evento foi promovido pelo Sindicato Rural de Ituverava, em parceria com o Canaoeste

Com o intuito de esclarecer e debater o Novo Código Florestal Brasileiro, o Sindicato Rural de Ituverava promoveu na última quinta-feira, 31 de outubro, palestra, que foi proferida pelo advogado Dr. Juliano Bortoloti, que veio a convite da Canaoeste, uma das maiores associações de produtores de cana do mundo.

O evento foi realizado na sede do Sindicato, e reuniu representantes de vários segmentos da sociedade, que estão, de uma forma ou outra, envolvidos em questões relativas ao Novo Código Florestal. .Participaram da palestra, cerca de 250 pessoas, entre elas, o secretário municipal de Indústria e Comércio, Ronaldo Spirlandelli de Oliveira, que representou o prefeito Walter Gama Terra Júnior; secretários municipais, vereadores; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Antônio Reinaldo Segismundo; produtores rurais de Ituverava e região; representantes de Sindicatos Rurais das cidades de Igarapava, Buritizal, Guaíra e Batatais; cartorários, contabilistas, gerentes de bancos, representantes da OAB de Ituverava, representantes das usinas Raizen, Alta Mogiana e Buriti, entre outras autoridades.

Bortoloti abordou diversos temas relacionados ao Novo Código Florestal, entre eles, Reserva Legal, APPs (Áreas de Preservação Permanente) e CAR (Cadastro Ambiental Rural).

Esclarecedoras
De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Ituverava, Gustavo Ribeiro Rocha Chavaglia, o palestrante Dr. Juliano Bortoloti discorreu com muita clareza questões relevantes sobre o Novo Código Florestal e sua interpretação.

“Foi uma honra para o Sindicato receber este ilustre advogado, que é especialista em questões ambientais. Após o evento, ele disponibilizou todo o conteúdo da palestra para o Sindicato Rural, que em breve colocará à disposição de todos que participaram encontro”, afirma Chavaglia.

Após a palestra, o advogado respondeu perguntas, tirando dúvidas dos participantes. Também foi servido um coquetel. “Mesmo durante o coquetel, o palestrante foi muito acessível e permitiu que vários advogados, cartorários e produtores rurais esclarecessem dúvidas em um bate-papo informal”, observa o presidente do Sindicato Rural de Ituverava, Gustavo Ribeiro Rocha Chavaglia.

Palestra esclareceu dúvidas sobre Novo Código Florestal
O presidente do Sindicato Rural de Ituverava, Gustavo Ribeiro Rocha Chavaglia, falou sobre o tema abordado pelo Dr. Juliano Bortoloti. “Ele expôs e comentou todas as mudanças do Novo Código Florestal e, principalmente, situações relacionadas à recomposição de Reserva Legal, à integração da APP na Reserva Legal, e ao CAR Federal, que em breve estará disponível para os produtores rurais, faltando apenas a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, sancioná-lo”, enfatiza.

Chavaglia ainda afirma que a imagem do produtor rural junto à sociedade está mudando. “Os ambientalistas impuseram ao produtor rural, a imagem de desmatadores e inimigos do meio ambiente. Porém, há de se fazer mais para mudar esta falsa realidade. O produtor rural é, na verdade, o maior preservacionista que se tem conhecimento, pois produzindo alimentos, ele preserva a espécie humana até hoje”, destaca.

Profundas mudanças
Em entrevista à Tribuna de Ituverava, Chavaglia disse que profundas mudanças ocorreram no setor agrícola nos últimos 40 anos, no que se refere à preservação do meio ambiente. “O produtor não vai e nem quer ficar à margem da Lei, porém é preciso ampliar prazos e condições previstas no Novo Código Florestal, bem como do bom senso das autoridades", diz.

Ele citou, inclusive, trecho de um artigo de Xico Graziano publicado no jornal O Estado de S. Paulo na última terça-feira, 29 de outubro. “Há tempos, quando a tecnologia ainda gatinhava no campo, ninguém acreditaria que a agronomia e a ecologia pudessem um dia se aproximar. A contaminação pelos agrotóxicos, o desmatamento desenfreado, a erosão dos solos, entre tantos problemas, configuravam uma tragédia ambiental que parecia irreversível. Todavia, passadas algumas décadas, o controle integrado das pragas, o plantio direto na palha, a proteção dos recursos hídricos, entre outras virtudes, configuram modelos sustentáveis no agro. Firma-se um novo patamar de produção, no qual a agronomia namora firme a ecologia”, diz o artigo.

Chavaglia e toda a diretoria do Sindicato Rural de Ituverava agradecem a presença de toda a sociedade interessada em questões ambientais, que prestigiou o evento.

Fonte: Jornal Tribuna de Ituverava

Sindicato Rural de Ituverava

Alameda Irineu Carvalho André, nº 52- Jardim Tropical II - CEP: 14500-000 - Ituverava-SP - Fone (16) 3839-7055

Horário de funcionamento: de segunda-feira à sexta-feira, das 08h00 às 17h00.